Estudo Panorâmico da Bíblia – Parte 13

Olá conectados!

O segundo livro de Reis.

O segundo livro de Reis é a sequência do primeiro. Na Bíblia hebraica eles constituem um só. Este segundo livro descreve a queda de uma nação dividida, sobre governadores maus, o predomínio da idolatria e um povo complacente – sendo arrastado para baixo. Os profetas continuam advertindo o povo de que o julgamento está próximo, mas eles não iriam se arrepender, somente alguns poucos se voltam para o Senhor, como Elias e Eliseu, Ezequias e Josias.

Esse livro é a narração da história de Israel entre a morte de Davi e a morte da nação depois de ser dividida em I Reis, capítulo 12. Sórdidas histórias de 12 reis do Reino do Norte ( Israel) e o do Sul ( Judá) . Durante 130 anos Israel sofreu uma sucessão de governantes ímpios até ser conquistada pela assíria e ter seu povo levado cativo em 722 a. C.  Judá permaneceu mais 136 anos até cair também em 586 a. C.

Durante todo este periodo de trevas, a Bíblia menciona 30 profetas que proclamaram a mensagem de Deus à nação e aos seus líderes. Os mais notáveis mais notáveis são Elias e Eliseu. Ao se aproximar o final do ministério terreno de Elias, Eliseu pediu para se tornar seu legítimo sucessor. Elias foi levado ao céu  em um redemoinho  e Eliseu tornou-se o porta-voz de Deus para o Reino do Norte. A vida de eliseu foi repleta de sinais, proclamações , advertências e milagres. Quatro dos mais memoráveis são a multiplicação do azeite, a ressureição do filho da sunamita, a cura da lepra de Naamã e o machado que flutuou.

Mesmo em meio a situações terríveis, Deus terá a sua minoria fiel, o seu remanescente. Ele anseia por homens e mulheres corajosos que proclamem a sua verdade.

Mantenham – se conectados! Leiam a Bíblia.

 

Sobre a autora

Ivany Mamede Lima

Sem Comentários

Deixe seu Comentário