Cura da alma – Parte 11

A responsabilidade das escolhas.

Olá conectados!

Todos nós nascemos  sós, nus e sem manual de instrução! Todo nosso aprendizado é baseado na vivência, na experimentação. Eu acho o cúmulo da esperteza aprender com os erros alheios, mas, eu nunca aprendi. Sempre tive de passar pelas minhas experiências boas ou ruins, foi assim que eu aprendi. Aprender com os erros alheios não me convence, sou muito teimosa, preciso experimentar. Isso nem sempre foi vantajoso, mas é assim que funciona para mim.

À medida que vamos crescendo e acumulando nossas experiências vamos tendo condições de nos conhecer a nós mesmos, o ambiente, os outros, vamos nos relacionando e aprendendo com essas experiências. Tudo se resume em fazer pesquisas, na verdade, somos grandes “cientistas” da vida!

Nossa consciência humana possui toda as instruções  já colocadas nela antes mesmo de nascermos. A Bíblia Sagrada é um grande manual de vida escrito e disponível para cada um de nós. O problema é que poucos querem se debruçar e estudar este grande manual. O Salmo 139 ( temos 150 salmos), fala sobre o fato de termos sido criado por Deus e que Ele nos conhece e nos sonda desde o ventre da nossa mãe, ou seja, tudo que temos por fazer já está dentro de nós, ou na alma, ou no espírito, na consciência, na essência, no Eu superior, em algum lugar dentro de nós! É no nosso relacionamento conosco e com Deus que estabelecemos os caminhos a trilhar.

A consciência de que não estamos largados no mundo à nossa própria sorte, de que Deus é nosso criador e como ensinou Jesus, o nosso Pai,  é que nos vai dar confiança de seguir pelos caminhos escolhidos. Podemos assumir a responsabilidade das nossas escolhas, pois, sabemos que não estamos sós. Porém, a incerteza sempre nos acompanhará nas escolhas, pois, a certeza só a teremos quando terminamos a experiência.

Então, entre a dúvida, da nossa consciência humana e a confiança, da  consciência divina, vamos vivendo no jogo das escolhas, e, acumulando resultados e aprendizados até o final da nossa existência aqui. Sabendo que nada foi por acaso e nada foi em vão. Por isso, é tão importante  o nosso autoconhecimento, saber nosso propósito ou missão de vida, pois, será essa consciência humana ou a divina que vão dirigir nossas escolhas pela vida.

Todos nossos atos, todos nossos relacionamentos  entram nessas escolhas, conscientes ou não, já crescidos ou antes de nascer, somos responsáveis por criar a vida que temos. Alicerçados no amparo de Deus e seus auxiliares, podemos confiar e seguir em frente, para cumprir aqui e agora, tudo que planejamos juntos com Deus para vivermos nessa existência. De tal maneira que ao encontrarmos pessoas difíceis, situações difíceis, provas difíceis,  podemos ter a certeza que temos algo a ver com aquilo. Não somos vítimas inocentes.

Aqui entra a  possibilidade de interferências vindas de outras pessoas, outras mentes, incluindo os espíritos malignos, que só vêm para mentir, matar ou destruir ( Jo.10:10).  Sempre vamos estar sujeitos a interferências, mas aí também, temos a capacidade de escolha: o que julgamos estar mais de acordo com nosso autoconhecimento, da nossa consciência humana, da nossa consciência divina, do nosso prazer, do nosso dever, etc. Sempre podemos escolher, se não na hora, damos um tempo, consultamos o travesseiro, meditamos, buscamos em Deus, na Palavra, nos aconselhamos com pessoas de confiança, mas, SEMPRE podemos escolher. Então, SEMPRE a responsabilidade será nossa.

 

 

 

 

 

Sobre a autora

Ivany Mamede Lima

Sem Comentários

Deixe seu Comentário